O Maior Amor do Universo é O Amor de Jesus

O Maior Amor do Universo é O Amor de Jesus
O Maior Amor do Universo é O Amor de Jesus Por Nós Yeshua Jesus Cristo O Ungido do "Altíssimo" Único Senhor Supremo

Cristo Jesus O Maior Amor do Universo

A Gloriosa Vinda de Yeshua Jesus Nosso Salvador

A Gloriosa Vinda de Yeshua Jesus Nosso Salvador
O Filho Unigênito do Altíssimo, Jesus A Dádiva Maior

O Maior Amor do Universo Jesus Cristo

O Maior Amor do Universo Jesus Cristo
Jesus Cristo Nosso Eterno Senhor e Salvador Yeshua

O Homem Que Não Vive Para Servir, Não Serve Para Viver

O Princípio, O Meio e O Fim Jesus Cristo

O Princípio, O Meio e O Fim Jesus Cristo
O Caminho, A Verdade e A Vida

Todo Cristao deveria ouvir essa pregacao!!

domingo, 16 de agosto de 2015

A Glorificação de Jesus e Sua Ascensão Aos Céus

A Glorificação de Cristo Consiste em Sua Ressurreição e Sua Ascensão Aos Céus, onde Cristo está Sentado à Direita do Pai. 
O sentido geral da Glorificação de Cristo está relacionado com Sua Morte na Cruz. Como, Pela Paixão e Morte de Cristo, Deus eliminou o pecado e Reconciliou o mundo consigo, de modo semelhante, pela Ressurreição de Cristo, Deus Inaugurou a Vida do mundo Futuro e a colocou à disposição dos homens. 

“Ao terceiro dia" (de Sua morte), Jesus Ressuscitou para uma Vida Nova. Sua alma e seu corpo, plenamente transfigurados com a Glória de Sua Pessoa Divina, voltaram a se unir. A alma assumiu de novo o corpo e a glória de sua alma se comunicou totalmente ao corpo. Por este motivo, “a Ressurreição de Cristo não foi um regresso à vida terrena. O Seu corpo Ressuscitado é Aquele que foi Crucificado e apresenta os vestígios da Sua Paixão, mas é doravante participante da Vida Divina com as propriedades dum corpo Glorioso". A Ressurreição do Senhor é fundamento de nossa fé, pois atesta de modo incontestável que Deus interferiu na história humana para Salvar os homens. E garante a Verdade do que prega a Igreja Sobre Deus, Sobre a Divindade de Cristo e a Salvação dos homens. Pelo contrário, como diz Paulo, “Se Cristo não Ressuscitou, Vã é Nossa Fé" (1 Cor 15, 17). 

Os Apóstolos não podiam enganar-se nem ter inventado A Ressurreição. Em primeiro lugar, se o Sepulcro de Cristo não estivesse vazio, não poderiam ter falado da Ressurreição de Jesus; além disso, se o Senhor não lhes tivesse aparecido, em várias ocasiões e a numerosos grupos de pessoas, homens e mulheres, muitos dos discípulos de Cristo não teriam podido aceitá-la, Como ocorreu inicialmente com o apóstolo Tomé. Muito menos teriam podido eles dar Sua Vida por uma mentira. Como diz Paulo: “E Se Cristo Não Tivesse Ressuscitado seríamos convencidos de ser falsas testemunhas de Deus, por termos dado Testemunho Contra Deus, afirmando que Ele Ressuscitou a Cristo, Ao Qual Não Ressuscitou" (1 Cor 15, 14.15). E quando as autoridades judias queriam silenciar a Pregação do Evangelho,  Pedro respondeu: “Há Que Obedecer a Deus antes que aos homens. O Deus de nossos pais Ressuscitou a Jesus a Quem vós destes a morte, suspendendo-O num madeiro. 

Nós Somos Testemunhos Destas Coisas" ( At 5, 29-30.32). Além de ser um evento histórico, verificado e testemunhado mediante sinais e testemunhos, a Ressurreição de Cristo é um Acontecimento Transcendente Porque “Ultrapassa a História Como Mistério da Fé, enquanto implica a entrada da humanidade de Cristo na Glória de Deus" .  Por este motivo, Jesus Ressuscitado, embora Possuindo Uma verdadeira identidade físico-corpórea, não está submetido às leis físicas terrenas, e se sujeita a elas só enquanto o deseja: “Jesus Ressuscitado é Soberanamente Livre de Aparecer aos seus discípulos como Ele quer, onde Ele quer e sob aspectos diversos". 

A Ressurreição de Cristo é um Mistério de Salvação. Mostra a Bondade e o Amor de Deus, que Recompensa a humilhação de Seu Filho, e que emprega Sua Onipotência para encher de Vida os homens. Jesus Ressuscitado Possui, em Sua Humanidade, a Plenitude da Vida Divina, para Comunicá-la aos homens. “O Ressuscitado, Vencedor do pecado e da morte, é o princípio da nossa Justificação e da nossa Ressurreição: a partir de agora, Ele garante-nos a Graça da Adoção Filial que é a participação Real na Sua Vida de Filho Unigênito; depois, no final dos tempos, Ele Ressuscitará o Nosso Corpo" . Cristo é o Primogênito entre os Mortos e Todos Ressuscitaremos por Ele e n’Ele. 
Jesus Cristo Filho Unigênito do Altíssimo.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vídeos Sobre Jesus

Loading...

O Maior Amor do Universo Jesus

O Maior Amor do Universo Jesus
Seja Feito A Tua Vontade Yeshua Jesus Cristo O Ungido do "Altíssimo" Único Senhor Supremo